Buscar
  • reginakautzmann

Saiba o que acontece quando você coloca os pés na Terra...


Aterramento, ou ancoramento, como algumas pessoas o chamam, envolve colocar seus pés diretamente no chão sem sapatos ou meias como barreira. A lógica por trás dessa prática relaciona-se com a intensa carga negativa carregada pela Terra. Essa carga é rica em elétrons, teoricamente servindo como um bom suprimento de antioxidantes e elétrons destruidores de radicais livres. Dr. James Oschman, doutorado em biologia pela Universidade de Pittsburgh e especialista em medicina energética, observa relatos na literatura e práticas de diversas culturas de todo o mundo de que caminhar com os pés descalços na Terra aumenta a saúde e proporciona sentimentos de bem-estar. Por uma variedade de razões, muitas pessoas estão relutantes em andar com os pés descalços, a menos que estejam de férias na praia. Colocar os pés no chão permite que você absorva grandes quantidades de elétrons negativos através das solas dos pés, o que, por sua vez, pode ajudar a manter seu corpo com o mesmo potencial elétrico da carga negativa que a Terra. A ciência Um estudo publicado há alguns anos no Jornal de Saúde Ambiental e Pública intitulado “Aterramento: Implicações de Saúde de Reconexão do Corpo Humano aos Eletrólitos de Terra” postula que a terra pode representar um potencial tratamento / solução para uma variedade de doenças crônicas degenerativas . Concluiu que um simples contato com a Terra, por meio de estar descalço ou conectado a sistemas condutores aterrados, poderia servir como uma estratégia ambiental natural e efetiva contra o estresse crônico, inflamação, dor, sono fraco, sangue hiper-coagulável e muitos transtornos de saúde comuns, incluindo doenças cardiovasculares. O estudo conclui que o aterramento do corpo humano pode ser um elemento essencial na equação da saúde, juntamente com a luz do sol, ar limpo e água, alimentos nutritivos e atividade física. Outro estudo, realizado pelo Departamento de Neurocirurgia do Hospital Clínico Militar em Powstancow Warszawy, juntamente com outras afiliadas como a Universidade Médica da Polônia, descobriu que as concentrações de uréia no sangue. são menores em indivíduos conectados à terra. Conclusão: Parece haver dezenas de estudos que confirmam os efeitos fisiológicos da aterramento, que incluem desde benefícios antienvelhecimento, saúde cardíaca e até o sono melhorado e muito, muito mais. “Este simples processo de aterramento é um dos antioxidantes mais potentes que conhecemos. A terra alivia a dor, reduz a inflamação, melhora o sono, melhora o bem-estar e muito, muito mais. Infelizmente, muitos que vivem em países desenvolvidos raramente estão ancorados. “ – Dr. Jospeh Mercola Quando aterrado, o ritmo diurno do hormônio do estresse, cortisol, começa a se normalizar. O Cortisol está conectado à resposta do estímulo do seu corpo e ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, regula o metabolismo, ajuda a reduzir a inflamação e auxilia na formulação da memória. Como você pode obter aterramento. Todos passamos a maior parte do tempo caminhando na terra usando sapatos com sola de borracha ou plástico. Estes materiais são isoladores, usados para isolar fios elétricos. Eles também o desconectam do fluxo de elétrons da Terra, que é suposto que (naturalmente) esteja conectado. Se você usa sapatos de sola de couro (ou couro vegano); ou caminha com os pés descalços em areia, grama, solo, concreto ou telha cerâmica, você estará aterrado. Se você andar no asfalto, madeira, borracha, plástico, vinil, você não será aterrado. Então, na próxima vez que você estiver fora, tire seus sapatos! Você também pode usar sistemas condutores enquanto dorme, trabalha ou gasta tempo dentro de casa. Ressonância de Schuman Em 1952, o físico alemão W. W. O. Schumann, da Universidade Técnica de Munique, começou a tentar responder se a própria Terra tem ou não uma frequência – a Ressonância tem sido o termo aceito cientificamente quando alguém procura descrever ou medir o pulso ou batimentos cardíacos da Terra. Embora a existência da Ressonância de Schumann seja um fato científico estabelecido, permanecem poucos cientistas que compreendem completamente a relação importante entre essa freqüência e a vida no planeta.

Fonte:Arjun Walia - www.riseearth.com Tradução: Vilma Capuano


75 visualizações
  • Facebook Clean

Siga facebook

Whats

(51) 99246.0610