Buscar
  • reginakautzmann

A prosperidade provém do amor.




Pessoas prósperas são aquelas que têm amor-próprio. Primeiramente, olhe para você, faça por você: olhe as suas necessidades, valide-se, cuide-se, ame-se, espiritualize-se e o que transborda em você é, naturalmente, distribuído às pessoas à sua volta.


Como disse, quando você se ama, este amor transborda, ele é prospero, ele é abundante. Portanto, você vai compreender mais as pessoas, vai sentir mais compaixão por elas, arrumará tempo e espaço para que possa ouvi-las, para que possa dedicar-se um pouco ao outro.


Aliás, a prosperidade inclui o trabalho voluntário. Ela também significa você agir para beneficiar o outro com seus próprios talentos e recursos pelo simples prazer de contribuir, porque você sabe que tudo cresce sempre que você contribui.


Por isso, amor-próprio tem tudo a ver com prosperidade. Eu não posso me amar se eu não for próspera. Se eu não for próspera de compaixão comigo, de compreensão pela minha história, se eu não conseguir me entregar a mim mesma, reconhecer os meus pontos fortes e meus pontos fracos, se eu não for capaz de viver a prosperidade do amor dentro de mim.


Mas vale prestar atenção, porque se você está amando a si mesmo, mas sem olhar para outro…. Sinto muito te dizer, mas Isso não é amor. Tudo o que me acontece influencia o que está à minha volta e tudo o que acontece à minha volta tem significado para mim. Se existe alguém pobre ou triste à minha volta, a prosperidade dentro de mim me faz transbordar sobre aquela pessoa com o meu amor, o meu cuidado, a minha delicadeza, gentileza, isso é prosperidade. Não é apenas obter dinheiro, porque ter dinheiro e ser rico é só uma coisa, e não significa abundância e muito menos prosperidade.


A prosperidade é um todo e inclui você por inteiro. Tudo em você é prosperidade, e ela precisa estar alinhada a seus quantos aspectos ou inteligências: intelectual, emocional, espiritual e física.


A prosperidade liga você à abundância do universo e você entra na roda e no círculo virtuoso. E, de fato, se fôssemos resumir, somente o amor é abundante neste mundo e não tem fim nunca. No amor não existe escassez, não existe pobreza, não existe falta, não existe “não posso”, não existem medos. Sabendo que amor é sempre dar e receber, amor é sempre troca, amor é sempre para você e para o outro, e a prosperidade também.


Com amor e luz,

Heloísa Capelas

0 visualização
  • Facebook Clean

Siga facebook

Whats

(51) 99246.0610